Saúde&

Outono: proteja-se das doenças

Especialistas alertam sobre cuidados

O outono é a estação que se caracteriza pelas quedas recorrentes de temperatura, período em que o ar que fica mais seco. A estação surge logo após o verão, que apresenta dias chuvosos e umidade relativa muito maior. O outono se estende do fim de março ao término de junho e aumenta significativamente o número de atendimentos hospitalares em função de infecções ou doenças respiratórias, sendo necessário o cuidado diário para evitar complicações.

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, o ar seco do outono favorece a presença de partículas de poeira no ar, o que pode desencadear doenças como gripe, bronquite, pneumonia, asma, rinite, resfriado e amigdalite, que são as infecções mais comuns nesta época do ano.

O especialista e otorrinolaringologista Enio Kokubu explica que o outono e inverno são as estações que mais ‘maltratam’ a saúde por conta, principalmente, da umidade do ar ser tão baixa. “O Brasil é um país de clima tropical então temos características que predominam a seca e baixa umidade do ar no outono e inverno. Não é somente a presença do frio que acarreta essas doenças, mas a umidade relativa do ar baixa influencia demais nas inflamações nasais. As alergias também aumentam porque predominam componentes de poeira domiciliar no ar, como os ácaros, que se espalham facilmente com o tempo mais seco. Os maiores causadores das crises alérgicas são os ácaros, fungos e pelos de animais”, explica Kokubu.

“Não é somente a presença do frio que acarreta essas doenças, mas a baixa umidade relativa do ar influencia demais nas inflamações nasais” Enio Kokubu
                                   Otorrinolaringologista

A estudante Flora Santos, conta que recebeu diagnóstico de rinite e sinusite quando era criança, e combate as crises com antibióticos, por ter muito muco e febre. “Tenho esse problema principalmente quando ocorre choque térmico, por exemplo, quando saio do ar condicionado do trabalho e está muito quente na rua, então vem a crise”, conta.

Dados da Prefeitura de Taubaté comparam o número de atendimentos registrados nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), de doenças respiratórias e infecções nas vias aéreas, entre 2017 e 2018. O número total de atendimentos teve aumento de 7 mil casos no período do outono.

Já no Hospital particular Vivalle, em São José dos Campos, o médico coordenador do Pronto Atendimento, Fábio Morábito, diz que o volume de atendimento de infecções respiratórias aumenta cerca de 35% em relação aos 7 mil atendimentos mensais. Já no período do inverno, quando as temperaturas caem ainda mais, é normal as pessoas fecharem portas e janelas, aumentando o número de ácaros, fungos e bactérias no ar seco, quando o número chega a 60% entre os meses de abril e julho.

Prevenção
O especialista Kokubu diz que a prevenção das doenças é algo diário. “O trabalho que deve ser feito é sempre de prevenção; atitudes básicas do dia a dia fazem a diferença. Boa hidratação é fundamental no outono e inverno. Deve-se evitar ambientes fechados e com baixa ventilação, realizar limpeza nasal com soro farmacêutico e lavagem das mãos também é uma forma de precaução”, indica.

 

Infecções respiratórias
aumentam cerca de
35%
em relação aos 7 mil
atendimentos mensais

A vacinação também é indispensável quando se fala de doenças que podem ser transmitidas pelo ar e contato físico, como a influenza, mais conhecida como gripe, muito recorrente nessa época de transição de temperaturas. Segundo o Ministério da Saúde, no Brasil, existem três tipos de vírus da gripe em circulação: o tipo A, B e C. O Ministério ainda deixa o alerta de que a influenza, se não tratada rápido e corretamente, pode se tornar grave e até levar à morte.

“Com o aumento das infecções respiratórias é muito comum que as pessoas sejam diagnosticadas com o vírus da influenza, por isso é tão necessária à vacinação contra a gripe. É importante que as pessoas mantenham sempre limpos os ambientes de contato do dia a dia como as roupas de cama por exemplo.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here