Saúde 3

Especialista conta como passar pela época fria e seca do ano com uma pele saudável

Cuidar da pele no inverno é  ‘sinônimo’ de hidratação

A pele, o maior órgão do corpo humano, precisa de cuidados e maior atenção no inverno,
quando as temperaturas e umidade relativa do ar estão mais baixas e os raios solares quase que não são percebidos durante o dia a dia por conta dos ventos fortes e gelados. É
nesse clima frio que a pele necessita de uma boa hidratação. Dailana Louvain, 41 anos, é dermatologista e atua há 10 anos na área. A médica conta que principalmente no
inverno a pele resseca muito por conta do tempo seco e necessita de cuidados especiais. “No inverno, principalmente no clima mais seco, a pele se resseca muito, por isso são necessários alguns cuidados como passar muito hidratante, beber bastante líquido e atentar para que os banhos sejam mornos.”

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, tanto a pele do rosto quanto a do corpo, precisam ser cuidadas e estão sujeitas a ressecamentos. O clima frio deixa a pele com aspecto esbranquiçado, que pode ser indicador de perda das proteínas. Mariana Tavolaro, 24 anos, trabalha na área de administração de empresas, e conta que possui a pele mista na zona T (oleosidade concentrada na testa, nariz e queixo), e que no inverno sempre hidrata a pele durante a manhã e à noite, assim como faz no verão, o que impede que ela sinta a pele ressecada durante os dias frios. “Minha pele é mista, oleosa na zona
T e no verão piora um pouco, mas não muda muito para o inverno. Eu procuro tratar do mesmo jeito. Hidrato à noite e uso protetor solar pela manhã, às vezes revezando com produtos noturnos. Nunca tive problemas de ressecamento ou algo parecido porque hidrato, independente da estação do ano.” afirma Marina.

Como ela, algumas pessoas possuem pele mista à oleosa, porém a dermatologista alerta sobre a necessidade de hidratação mesmo com a oleosidade natural. “A ingestão de líquido de forma abundante, evitar banhos muito quentes, dar preferência a sabonetes mais hidratantes e géis de banho, usar hidratante após o banho (corpo e rosto), são atitudes
fundamentais para a manutenção de uma pele saudável, lembrando que mesmo aquelas mais oleosas não devem ser negligenciadas.

“No inverno, principalmente
no clima
mais seco, a pele se
resseca muito por
isso são necessários
alguns cuidados como
passar muito hidratante,
beber bastante líquido e
também tomar sempre
banhos mornos”

Dailana Louvain
Dermatologista

Dailana confirma que no inverno, quem não cuida da pele, deixando de lado a hidratação, corre riscos de desenvolver dermatites, muito comuns no inverno, como a seborreia e psoríase. “O inverno é uma época mais propícia a algumas dermatites como a seborreia
e a descamação do couro cabeludo, sobrancelha, nas dobras do nariz e atrás da orelha. A psoríase também é outra doença que se agrava no frio, além da dermatite atópica que deixa a pele vermelha e descamada” explica a dermatologista. A alimentação também deve ser observada para evitar as patologias potencializadas no inverno, como alerta a Sociedade Brasileira de Dermatologia, sugerindo o alto consumo de hortaliças e frutas, fontes de vitaminas e minerais, além do consumo de água, mantendo-se a pele sempre hidratada e saudável.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here