Mercado&

Uma nova era para o varejo

O perfil do consumidor vem evoluindo na mesma velocidade que a tecnologia, tornando difícil prever quais novas ferramentas e comportamentos poderão surgir a longo prazo. Estamos vivendo as transformações do agora e, é sabido, até aqui, que a facilidade na
troca de informações, permitida pelas mídias digitais, deu uma injeção de empoderamento para os consumidores, que usam dessas ferramentas para obter variedade e comodidade
em suas compras. Esse cenário coloca em evidência a necessidade de criar novas relações entre as marcas e os clientes.

O consumidor 3.0 vem interagindo com as empresas tanto no mundo físico quanto no virtual, em uma experiência conhecida como omnichannel, tendência abraçada pelos gestores das grandes operações de vendas. Esse comportamento gera a necessidade de derrubar barreiras e fazer o cliente flutuar livremente entre o on-line e off-line, contando com a praticidade e quantidade de dados oferecidas no universo on-line, porém, sem perder a experiência sensorial na loja física. Fazer essa convergência tem sido cada vez mais essencial para o plano de negócios das companhias.

Outra das principais mudanças impactando o mercado é que adquirir um produto ou um serviço se tornou muito mais do que suprir uma necessidade. É vestir um conceito, assumir uma forma de viver e procurar ter experiências exclusivas por meio dessa compra. Esse grau de exigência tem levado as grandes marcas a aprofundarem o estudo da conduta do consumidor e reforçar seus pilares de excelência em atendimento, ambiência e novas plataformas tecnológicas para continuar impactando seus clientes.

Os pontos de venda físicos vão deixar de existir? A meu ver, nunca! Faz parte da necessidade humana buscar novas sensações e se relacionar com novas pessoas. O que muda é o fato da inteligência artificial dialogar mais com o cliente, tornando os pontos de venda o coração para novas experiências e oportunidades de fidelização. Isso levará as marcas e os centros de compras a investirem na diversidade do portfólio, incorporando conceitos de lazer, entretenimento e serviço ao negócio, para dar uma nova utilidade aos seus ambientes físicos e, ao mesmo tempo, gerar impactos emocionais para criar laços com os seus frequentadores.

O CenterVale Shopping, localizado em São José dos Campos e primeiro grande centro  comercial do Vale do Paraíba, tem sido um modelo de inovação. Além de manter seus perfis no Facebook, Instagram e YouTube, o empreendimento trabalha para fazer parte de todos os momentos da vida do cliente, inclusive quando ele está fora do shopping. Novas ferramentas foram lançadas para atingir esse objetivo, como o perfil no Spotify, permitindo aos frequentadores ter à mão, em qualquer lugar do mundo, as playlists tocadas nos corredores do estabelecimento. O aplicativo oficial também ganhou novas funcionalidades e, além de concentrar facilidades como pagamento do estacionamento, compra de ingressos de cinema e anúncio de vagas de trabalho, hoje é possível agendar a participação em eventos com um único toque. A mesma plataforma reúne, ainda, as principais ofertas dos lojistas em determinada semana, facilitando a busca do consumidor por ações promocionais. E são ativações como essas que possibilitam experiências completas, integrando o físico ao portátil, e fazem o empreendimento ser único, exclusivo, conectado e referência no segmento de shopping centers.

O futuro chegou? Pode apostar que sim! E vem muito mais por aí!

Thiago Marques
Graduado em Marketing pela Universidade Paulista
(Unip), com MBA em Gestão Estratégica Empresarial
pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e pós-graduação
em Gestão de Negócios pela Universidade de Sidney,
Austrália. Iniciou sua trajetória profissional na Embraer,
migrando para o setor automobilístico, no qual teve
a oportunidade de representar grandes marcas.
Responsável pelo Marketing do CenterVale Shopping.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here