Nessa longa estrada do MARKETING

Quando fui convidado para escrever esse artigo para a Metrópole, a primeira coisa que pensei foi: qual será o tema? Depois de várias considerações, pensei que o ideal seria trazer uma pincelada rápida de como cheguei a publicidade e algumas lições que me marcaram; afinal são 40 anos de atuação. E essa longevidade não aconteceu por acaso. Sem nenhuma pretensão, acredito que servirá de reflexão para muitos.

Minha paixão pelas artes gráficas começou aos 12 anos, quando fui trabalhar na tipografia de meu tio. Ver o tipógrafo montando aquelas linhas de texto num tal de componedor, letrinha por letrinha de chumbo, era fantástico. O impressor era outro espetáculo à parte, puxando as folhas uma a uma e colocando na máquina impressora em movimentos calculados para não errar no enquadramento. Aquele ambiente trazia uma sedução que indicava minha futura vocação.

Tudo isso influenciou para eu me formar em Publicidade e Propaganda em 1977, na Universidade de Mogi das Cruzes. Foi lá que decidi me tornar um publicitário, aprendendo com ótimos professores. Entre eles, o melhor: Sinval Itacarambi Leão, um dos maiores mídias da Rede Globo. Ali tive um grande aprendizado: “Sempre tente ser o melhor naquilo que você faz”.

Numa agência que fundei em São Paulo, tive o privilégio de acompanhar toda a evolução da propaganda, desde 1978. Os layouts criados no pincel e textos falsos em Letraset; as artes finais montadas com fotocomposição e cola benzina! Depois, finalmente, a chegada dos computadores até alcançarmos a era digital. Lá se foram 40 anos que me mostraram a necessidade de constante aprendizado e atualização; outra grande lição pra quem não quer ficar para trás.

Hoje, já com 30 anos de agência em São José dos Campos, percebo que fiz as escolhas certas. Segui minha vocação e tentei sempre fazer o melhor possível no que me propus a fazer. Realmente muita coisa mudou nestas 4 décadas, mas tem um fator que foi decisivo nessa longevidade e que talvez seja a maior lição para quem almeja respeito e sucesso profissional: é possuir o DNA do marketing, para seguir nessa busca incansável em entregar os melhores resultados para o cliente.

José Renato Pulice Sócio fundador da Regional Marketing em abril/1988 em São José dos Campos. Formado em Publicidade e Propaganda na Universidade de Mogi das Cruzes em 1977. Músico violeiro, contrabaixista e pecuarista no Pantanal do MS.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here