Informe Publicitário – Capital Cultural do Estado se reinventa durante a pandemia

Com os espaços culturais fechados, Fundação Cultural Cassiano Ricardo encara desafio de manter alunos e artistas em atividade dentro de suas próprias casas

Ter que se reinventar em plena pandemia do corona­vírus não foi tarefa fácil na área da Cultura. Quando todos os espaços foram fechados e as atividades fo­ram suspensas, o desafio foi manter alunos e artistas em atividade dentro de suas próprias casas. Afinal, a Capital Cultural do Estado de São Paulo era desafiada a dar con­tinuidade ao reconhecido trabalho dos três últimos anos.

A primeira grande ação foi com o programa Arte nos Bairros, que resultou no formato virtual, possibilitando a manutenção das atividades culturais para os aprendizes de todas as casas de cultura de São José dos Campos, com orientadores artísticos na ativa para viabilizar a iniciati­va. Na sequência, foram retomadas as ações formativas que envolvem alunos, bolsistas e professores.

Por meio do Fundo Municipal de Cultura, foram aber­tos dez editais, disponibilizando recursos na ordem de R$ 1.435.000 para ajudar o setor impactado pela pandemia do novo coronavírus há mais de cinco meses.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here