Finanças&

Cartão fidelidade: o que é, como funciona e por que ter o seu

Jefferson Santos e Vanessa Menezes - RMVale

Ir ao supermercado e comprar com cartão de crédito do próprio estabelecimento passou a ser prática comum, sobretudo devido à crise que impulsionam as empresas a buscarem
alternativas para atrair consumidores. Os ‘cartões fidelidades’ são uma ótima opção porque oferecem descontos e ofertas especiais para quem os utilizam. No entanto, especialistas alertam: é melhor comprar apenas o necessário e se possível pagar à vista. O chamado ‘private label’, um tipo de terceirização da produção, em que uma empresa contrata outra para o desenvolvimento de um serviço ou produto com o seu nome, tem crescido
nos supermercados. Apenas no primeiro semestre de 2019, por exemplo, a DMCard registrou o movimento de R$ 1,1 bilhão nos cartões administrados pela empresa.

O valor é 32,5% superior aos gastos dos consumidores comparado com o mesmo período do ano passado, quando foram movimentados R$ 698 milhões. A administradora de cartões esclarece ainda que houve aumento de 50% nas propostas recebidas, o que, segundo a companhia, mostra o consumidor do supermercado dependendo e buscando cada vez mais o crédito para encher seu carrinho.

“Os supermercados encontraram ‘private label’ um aliado importante para aumentar vendas, principalmente com o cenário econômico atual, quando os consumidores tem gastos mais racionais. Por isso, o consumidor depende cada vez mais do crédito
para manter o poder de compra. E como encontra dificuldades em conseguir crédito na rede bancária, o cartão próprio do varejo mostra-se como solução”, diz Sandra Castello, diretora de gente e gestão da DMCard.

O consumo por meio da fidelidade tem sido realidade na vida do eletricista aposentado Benedito do Carmo, de 85 anos, de São José dos Campos. Ele conta que possui cartões de fidelidade em dois supermercados diferentes, ambos na zona leste da cidade.

“Os supermercados encontraram ‘private label’
um aliado importante para aumentar vendas,
principalmente com o cenário econômico atual,
quando os consumidores tem gastos mais racionais. Por isso, o consumidor depende cada vez mais do crédito para manter o poder de compra. E como encontra dificuldades em conseguir crédito na rede bancária, o cartão próprio do varejo mostra-se como solução”

Sandra Castello,
diretora de gente e gestão da DMCard

“Comecei a utilizar o cartão fidelidade há 3 anos. A principal vantagem pra mim é poder comprar em qualquer data e só pagar no vencimento da fatura. Apesar de ter a opção de
parcelamento, nunca dividi minhas compras, prefiro pagar tudo no dia do pagamento aí já fico livre para comprar mais. O cartão facilita a vida da gente, mas a taxa mensal que é cobrada eu não gosto não”, comentou bem humorado. O professor da Fundação Armando
Alvares Penteado (FAAP) de São José e mestre em finanças, Alexandre Wander, diz que é justamente pelas taxas e juros que o consumidor deve ter cautela.

“Tá escasso o recurso e o supermercado lança esses cartões para fidelizar o consumidor a voltar a fazer compra no próprio estabelecimento. É bom, mas você compra a prazo e tem
uma fatura vencendo e terá que desembolsar um valor para pagar essa conta. Todo cartão desse tipo tem juros, você tem benefício numa determinada oferta, em um determinado produto, e se passa o vencimento da fatura você terá que pagar o valor acrescido de juros.
Esse é um momento de precaução e é importante as pessoas pensarem no endividamento e a necessidade de ter caixa para obter liquidez”, alerta.

A diretora do Procon de São José dos Campos, Jaqueline Bueno Ignácio, ressalta a importância de se consumir apenas o necessário e diz também sobre o direito do consumidor em casos de irregularidades em anúncios e preços dos itens. Um estudo realizado pela DMCard, avaliado pelo Centro de Excelência em Varejo da Fundação Getúlio Vargas (FGV), que compara vendas por CPF antes e depois da adesão a cartão de crédito private label da loja, mostrou que portadores de cartão passam a ter 33% mais presença mensal na loja, e gasto médio 16% maior ao mês, resultando em um gasto 55%maior que clientes que não adotam essa facilidade.

“O consumidor precisa ter muito cuidado com esse tipo de cartão para não se endividar. O importante é sempre ir ao mercado e comprar apenas o essencial, apenas aquilo que está escrito na listinha de compras. Outra orientação é na hora do pagamento, se o produto
tiver em promoção, mas o valor é outro no caixa, basta tirar uma foto do produto e levar até o Procon para abrirmos uma processo. Só assim as pessoas e as empresas passam a respeitar os direitos”, orientou.

Atualmente existem no mercado três tipos de cartão de supermercado.

Private Label

São cartões de uso exclusivo da loja em que foi adquirido. Sendo possível realizar compras somente na rede que o emitiu.

Co-branded

São cartões que podem ser utilizados em todos os estabelecimentos credenciados e não somente na rede em que o cartão foi emitido. São criados por bancos em parceria
com a rede de supermercado com o objetivo de fidelizar os consumidores.

Híbrido

São cartões que podem ser utilizados em qualquer estabelecimento como um cartão de crédito, mas oferecem um limite diferenciado em compras na rede emissora do cartão.

 

Listamos os cartões de supermercado mais utilizados atualmente na RMVale. Confira as características de cada um deles abaixo.

Cartão Walmart

Benefícios:

O cartão é oferecido com a bandeira Mastercard ou Hipercard e concede descontos  exclusivos nas lojas Walmart. Além disso, os clientes podem parcelar as suas compras em até 24x e tem até 40 dias para pagar a fatura. Caso escolha a bandeira Mastercad também participa do Programa Mastercard Surpreenda que concede preços promocionais em restaurantes, cinemas, teatros e lojas conveniadas.

Custos: Anuidade: R$ 118,90 ou 12x R$ 9,91

Cartão Pão de Açúcar

Benefícios:

Oferece delivery para compras acimas de R$100, descontos em cinemas e teatros e cúmulo de pontos que podem ser trocados por crédito na fatura. Por ter a bandeira Mastercard também participa do programa de fidelidade Mastercard Surpreenda que concede preços promocionais em restaurantes, cinemas, teatros e lojas conveniadas.

Cartão Supermercado Máximo

Benefícios:

Parcelamento de compras em 2x acima de R$60,00
Parcelamento de compras em 3x acima de R$90,00
Até 40 dias para pagar
Comodidade para pagamento de fatura no caixa do próprio supermercado. Liberação para compra caso aprovado na hora, através do cartão provisório, ou recebe o cartão em casa em 20 a 30 dias.

Custos:

Tarifa cobrada mensalmente na fatura: R$ 9,90

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here