domingo, maio 24, 2020

Crônica das cidades

Ô Taiada, vai uma taiada aí? Não se estranhe, mas se você nasceu ou mora em Caçapava, a qualquer hora vai ser chamado de taiada e vai se sentir orgulhoso. Mas você sabe o que...

Crônicas da cidade

Lobato Do último encontro com Monteiro Lobato, guardo o “Urupês” com a dedicatória: "Ao Paulo Bomfim lembrando a bela tarde de 24 de junho de 1948." Dia frio, feito de arrepios e de passos apressados. A vida...
Crônica das Cidades - O elefante e a jaboticabeira

O Elefante e a Jaboticabeira

A primeira casa em que morei, depois de casada, ficava numa rua estreita e em declive, próxima à igreja de São Benedito. Rua Henrique Dias. Era uma casa pequena, com quatro janelas voltadas para...

Passei dos 60 anos e agora?

Diz o ditado que a vida começa aos 40, então, se isso for mesmo verdade, aos 60, isto é, 20 anos depois da vida começar efetivamente, estamos atingindo o ápice da jovialidade. Desta maneira,...

De mentira em mentira, quem somos de verdade?

Descobri que precisava mentir aos seis anos. Não que já não tivesse mentido antes. Mas percebi minha primeira mentira voluntária, racional, intencional, aos seis. Um menino subiu na prancha e pegou uma onda. Devia ter...