Arquitetura&

Home Office, conceitos da arquitetura corporativa e design biofílico

Da redação - SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

Trabalhar em casa exige disciplina, dedicação e um ambiente preparado. Transformar um espaço residencial em home office, é uma tendência cada vez mais crescente para
profissionais liberais e tem ampliado o mercado para arquitetura corporativa moderna. O primeiro passo é definir qual o ambiente a ser utilizado e suas limitações. Com as novas tecnologias e designs arrojados é possível adequar qualquer local utilizando conceitos muito difundidos na arquitetura atual, seja o ambiente um quarto inteiro dedicado ao espaço ou apenas uma segmentação de uma sala de estar, por exemplo.

Humanização e design biofílico

O home office precisa ser agradável e aconchegante ao mesmo tempo em que estimula a concentração. Na arquitetura corporativa, a humanização é muito importante e deve ser abraçada também nos projetos de home office. E, dentro do conceito de humanização, uma das tendências de estilo aplicada, a biofilia tem crescido. O design biofílico propõe trazer
a natureza para dentro dos ambientes. Afinal, 90% do nosso tempo passamos em ambientes fechados.

Ergonomia

Para pensar em ergonomia, primeiro é preciso entender o estilo de trabalho de cada cliente. Mas vamos considerar uma pessoa que trabalha basicamente utilizando o computador, que é um padrão entre quem tem abraçado a tendência do home office. Para isso, é importante contar com uma bancada de trabalho com altura ideal e com uma boa cadeira ergonômica. Hoje, existem opções de cadeiras muito confortáveis para o trabalho e
com uma estética mais interessante, que ficará em harmonia com o ambiente residencial. A bancada de trabalho montada junto à sala de estar contribui com a mobilidade. O sofá também pode ser um ponto de apoio para a movimentação do profissional ao longo do dia.

Iluminação

A iluminação talvez seja um dos pontos mais importantes na construção de um home office. Como, na maioria dos espaços propostos, trabalho acaba sendo instalado ao lado da sala de estar, a iluminação – se não for bem planejada – pode deixar a desejar impactando inclusive na saúde do profissional. Uma sala de estar normalmente se apresenta com uma iluminação mais aconchegante, o que nem sempre é o ideal para o espaço de trabalho.
Porém é possível unir as duas vertentes e ter uma sala confortável para os momentos de lazer com os amigos e uma iluminação mais forte e dedicada para os momentos de trabalho. Um bom projeto luminotécnico que conte, inclusive, com dimerização é capaz de sanar essa questão com pontualidade e qualidade.

Fonte: www.rsdesign.com.br

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here